DIG prende bando da maior onda de assaltos em Cruzeiro

A equipe do delgado Sandro Henrique da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prendeu a quadrilha que apavorou comerciantes de Cruzeiro entre final do ano passado e o primeiro semestre deste 2017.O bando,composto por seis homens,é acusado dos assaltos em pelo menos sete estabelecimentos e suspeito de vários furtos de veículos.Dois são adolescentes.Os outros quatro estão em CDPs da região aguardando julgamento.

Ao comentar o caso o delegado Sandro Henrique explicou que a identificação dos bandidos exigiu investigação de toda a equipe da DIG.Alem de atuar em grupo,os acusados agiram de maneira isolada.os policiais conseguiram fechar o quebra cabeça através de informantes, de prisões individuais e de rastreamentos de pistas levantadas nos locais dos crimes.
De acordo com o levantamento da DIG,o bando responsável pela maior onda de crimes de que se tem noticiais na cidade é acusado de assaltos nos supermercados JK- no Jardim Paraíso e Itagaçaba- no Frigorifico Cleumar e nos dois açougues do Fabinho."Eles também roubavam ou furtavam veículos na cidade para usa-los no crime",revelou o delegado Sandro Henrique.

Nos assaltos,os bandidos atuavam com violência.Num dos casos,no Máximo Supermercado,eles ameaçaram com revolveres os funcionários do setor de caixas,clientes e agrediram um segurança com socos e coronhadas na cabeça.
Durante as investigações,a policia identificou Jorge Nunes dos Santos, Jorginho, de 40 anos,como líder dos assaltantes. O acusado já cumpriu pena por tráfico de drogas.

Fonte: O Impacto da Noticia

Comentários