Pular para o conteúdo principal

A casa de Emaús de Cachoeira Paulista completa 30 anos de fundação

No dia 21 de Abril de 1986, há 30 anos atrás, o Henri Labosicio e Padre João Benevides, após conhecerem a realidade do munícipio, se juntaram para fundar uma casa de Emaús em Cachoeira Paulista, conforme as necessidades da cidade.

O movimento carrega em sua raiz a solidariedade em ação, ao mesmo tempo que desafia a política. A história iniciou em 1949 com o objetivo de agir para aqueles que sofrem mais e ser a voz daqueles sem voz. Abade Pierre foi o autor e precursor do Emaús por todo o mundo. No início dos anos 50, Abade compenetrou em sua vida a luta contra a penúria, se convencendo que não poderia haver limites para a diligência contra a pobreza.
As casas de Emaús foram estabelecidas em vários países e cada qual desenvolve um projeto diferente, com públicos diferentes. No Brasil são 11 grupos que formam a FEB (Federação Emaús do Brasil), em que se difundem por seis estados do país: Bahia (Emaús Água Viva); Ceará (Emaús Amor e Cidadania- Fortaleza; Emaús Amor e Justiça- Fortaleza; Emaús Amor e Vida- Maracanaú); Pernambuco (Trapeiros Emaús- Recife); Piauí (Trapeiros Emaús- Teresina); Rio de Janeiro (Comunidade Emaús Esperança e Vida- Resende; Associação de Reciclagem Emaús- Petrópolis); São Paulo (Movimento Reviver Emaús- Arujá; Emaús Igualdade- Cachoeira Paulista; Comunidade de Serviço Emaús- Ubatuba).
Em Cachoeira Paulista, a organização acolhe homens envolvidos com drogas, álcool e moradores de rua que pretendem mudar de vida. O projeto que a casa desenvolve é de coleta seletiva, são várias oficinas em que são desempenhados os trabalhos sociais. O material recolhido por eles nas ruas da cidade, são levados para o prédio, passados por processo de reciclagem e restauração. Após tratados, são vendidos no brechó do Emaús.
Hélio de Freitas, é morador do Emaús há 22 anos e diz ser muito grato pela acolhida e a nova vida que a casa proporcionou a ele. “Aqui eu mudei minha vida, sou morador da casa há 22 anos, já morei em outras casas do movimento e pra mim foi só crescimento. Hoje colaboro com a recuperação dos demais irmãos que chegam precisando de ajuda. O bom daqui é que a pessoa tem a liberdade de sair quando quiser, ela é dona de seus atos e não precisa ficar na casa se não se identificar. Aqui encontramos uma segunda chance de melhorar de vida e ajudar o próximo”, expressa o senhor Hélio de Freitas.
A primeira casa de Emaús do país foi a fundada no município, por Henri Labosicio e Padre Benevides, com a ajuda do casal Tânia e Gilmar, de Cachoeira Paulista. A casa é mantida por providência, doações e com as vendas dos objetos e materiais reutilizáveis, reformados e reciclados.
Neste ano de 2017 a casa do Emaús de Cachoeira Paulista completou 30 anos de fundação, e em clima de festa e comemoração foi inaugurada a Capela das mil Ave Maria, tão esperada pelos moradores.
Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Cachoeira Paulista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeitura de Cruzeiro abrirá inscrições para processo seletivo

A PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO, Estado de São Paulo, com fulcro no disposto no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal e na legislação municipal pertinente, torna público a todos os interessados que se encontram abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado de Provas e Títulos destinado a seleção de pessoal para o preenchimento das vagas existentes, daquelas que surgirem durante o seu prazo de validade e formação de cadastro de reserva, para contratação por tempo determinado, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), para o desempenho temporário das funções de Agente Social, Assistente Social, Auxiliar de Cuidador Social, Cuidador Social, Escriturário, Psicólogo e Servente.

A inscrição implicará a completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, sobre as quais não se poderá alegar desconhecimento, não cabendo recurso sobre eventuais erros cometidos pelo candidato no ato da inscrição. O candidato deverá certifi…

Melhor árbitro do Brasileiro garante: sua mãe é elogiada e fica orgulhosa

Foto: Reprodução/Sportv
Enquanto as mães dos árbitros sofrem com as reclamações dos torcedores contra seus filhos, o paulista Paulo Cesar de Oliveira garante que sua mãe é elogiada e fica orgulhosa com o trabalho do filho. Eleito o melhor do Brasileiro, Paulo César ainda lembrou que seu irmão, Luiz Flavio de Oliveira, também tem a mesma função e atua na Série A. - É a segunda vez que eu sou premiado, estive em outras votações também, já fui prata e bronze. Graças a Deus, nessa temporada, eu fiquei com o troféu. Minha mãe, dona Teresa, se sente muito orgulhosa de ter dois filhos e uma neta atuando na arbitragem, em alto nível. Então ela é agraciada três vezes e sempre muito elogiada - afirmou o árbitro, no "Bem, Amigos!". Paulo Cesar ainda elogiou o trabalho da Comissão de Arbitragem da CBF e afirmou que hoje existem menos reclamações no Campeonato Brasileiro. - Eu gostaria de compartilhar essa premiação com todos os oficiais de arbitragem que estão envolvidos nessa competição, à…

Prefeitura de Cruzeiro restabelece atendimento nas UBSs, ESFs e Laboratório Municipal

A Prefeitura de Cruzeiro, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), restabeleceu nesta quinta-feira, 9, o atendimento médico em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Equipes de Saúde da Família (ESFs), Laboratório Municipal e outros serviços de atenção básica à saúde. O Governo Municipal decidiu promover contratações para recompor o atendimento nas UBSs e ESFs, das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira. Foram contratados 15 enfermeiros e alguns médicos, além de especialistas em endocrinologia, cardiologia, neurologia, psiquiatria, dermatologia e otorrinolaringologia. As equipes atenderão também a zona rural da cidade.
A Secretária de Saúde, Ana Inês Chaves, disse que a Administração Municipal busca melhorar a assistência médica no município e cumprir todos os programas do Governo Federal, para os quais o município está habilitado. “Foi necessária esta contratação, já que os funcionários efetivos cumprem uma jornada de trabalho de seis horas por dia, não sendo o suficiente para ma…