Mais de 1500 pessoas podem perder titulo de eleitor na região

Dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostram que 31.939 pessoas correm o risco de perder o título de eleitor na região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira. Na região do Vale Histórico são cerca de 1569.
São eleitores que não foram às urnas ou não justificaram a ausência nos últimos três turnos, pelo menos –ou seja, faltaram aos dois turnos das eleições de 2016 e, ao menos, ao segundo turno de 2014, nas eleições presidenciais.
Regularização vai até maio

O prazo para regularizar os títulos de eleitor de pessoas que não votaram nos últimos três turnos vai até o dia 2 de maio. Se a situação do título não for normalizada dentro do prazo, o documento será cancelado.
Para isso, é preciso comparecer a uma zona eleitoral para efetuar pagamento de multa, que custa R$ 3,51 por turno sem justificativa de ausência. É preciso levar RG, CPF, título antigo (se tiver) e comprovante de residência.
O título de eleitor irregular pode causar vários transtornos, como não conseguir tirar passaporte, ser impedido de assumir cargo depois de prestar concurso público e, até mesmo, ter problemas para abertura de contas bancárias.
Confira o número de eleitores que correm o risco de perder o título, por município:
Arapeí 33,Areias 30,Bananal 110, Cachoeira Paulista 371, Cruzeiro 833, Piquete 119 e Silveiras 73

Comentários