Policia Civil de Queluz esclarece crime e prende acusado

De acordo com informações oficiais, a SIG (Polícia Civil de Queluz), prendeu na última terça-feira (25) um advogado carioca por assassinato na cidade no ano passado.
Os policias civis contaram com o apoio da Polícia Militar e a prisão aconteceu em Volta Redonda, no Sul Fluminense. A prisão se deu devido a um mandado de prisão que foi expedido pela justiça.
O crime

O advogado de 38 anos era sócio da vítima – apelidado de Português, que foi assassinado no ano de 2016 na divisa dos estados do Rio de janeiro e São Paulo, em Queluz, no KM 01 da Rodovia Presidente Dutra. Português foi morto com quatro tiros no dia 20 de outubro de 2016. A Polícia Rodoviária Federal encontrou o corpo às margens da rodovia naquele ano.
Informações dizem que o advogado era sócio do Português em um restaurante em Volta Redonda. O crime teria a participação de um segundo advogado, que no momento está foragido e os policiais trabalham para capturar o criminoso.
A investigação sob o comando do Dr. Celso aconteceu ao longo dos meses e teve como conclusão que o sócio teria matado o outro devido a questões financeiras, entre outras. Os dois autores dos homicídios trouxeram a vítima e efetuaram os disparos contra o Português.

Fonte:MixVale

Comentários