Pular para o conteúdo principal

Beneficiários do Bolsa Família tem frequência escolar abaixo da média na região


Caíque Toledo/O Vale
São José dos Campos
Vinte e oito das 39 cidades da RMVale estão com ‘nota’ abaixo da média nacional de frequência escolar estabelecida pelo governo federal para os beneficiários do programa Bolsa Família.
De acordo com o levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social, mais de 95% das crianças das famílias beneficiadas pelo programa, acompanhadas pela pesquisa, conseguiram cumprir a frequência escolar exigida.
O governo exige o cumprimento de 85% da carga horária para estudantes com idade entre 6 a 15 anos e 75% de com 16 e 17 anos. Os dados são de outubro e novembro. Na região, as maiores cidades estão abaixo da média nacional: São José dos Campos, por exemplo, tem 88,4% dos jovens acompanhados cumprem a frequência exigida. Em Taubaté são 88,52% e, em Jacareí, 87,74.
As únicas cidades que têm uma taxa superior a 95% são Arapeí, Cachoeira Paulista, Cunha, Igaratá, Lagoinha, Lavrinhas, Piquete, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí e Ubatuba.  A melhor média da região é Ubatuba (99,9%), e a menor é de Jambeiro (74,7%).
Benefício. Segundo o governo federal, manter os filhos na escola faz parte das obrigações do Bolsa Família -- existem compromissos firmados pelas família das beneficiadas e pelo poder público, em Educação e Saúde.
"A condicionalidade é um reforço a um direito das famílias, que é o acesso a serviços sociais, como a educação. Uma criança que frequenta as aulas terá um melhor desenvolvimento e contribuirá para quebrar o ciclo intergeracional da pobreza”, afirma a diretora-substituta de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Iara Viana.
Saúde. Na área da saúde, por exemplo, o governo exige que as famílias mantenham em dia o calendário de vacinação das crianças, além de terem fre-quência no posto de saúde para ter o crescimento monitorado, e que as gestantes façam o exame de pré-natal.
Bolsa tem 16 milhões de estudantes
Ao todo, 16.059.461 estudantes integram as famílias beneficiadas pelo Bolsa Família no Brasil. O governo destacou que 14.794.842 deles são monitorados pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Destes, 95,7% cumprem a condicionalidade de frequência escolar exigida pela União.
No Estado de São Paulo, a média geral é de 88,77%: Campos do Jordão, Jacareí, Jambeiro, Paraibuna, Pindamonhangaba, Queluz, Santa Branca, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé possuem médias menores na região.
O Bolsa Família é voltado para as famílias extremamente pobres (uma renda per capita mensal de até R$ 85) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170). Criado em 2003, o programa tem hoje cerca de 13,5 milhões de famílias beneficiadas, com cerca R$ 2,4 bilhões destinados a elas por mês.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Prefeitura de Cruzeiro abrirá inscrições para processo seletivo

A PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO, Estado de São Paulo, com fulcro no disposto no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal e na legislação municipal pertinente, torna público a todos os interessados que se encontram abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado de Provas e Títulos destinado a seleção de pessoal para o preenchimento das vagas existentes, daquelas que surgirem durante o seu prazo de validade e formação de cadastro de reserva, para contratação por tempo determinado, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), para o desempenho temporário das funções de Agente Social, Assistente Social, Auxiliar de Cuidador Social, Cuidador Social, Escriturário, Psicólogo e Servente.

A inscrição implicará a completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, sobre as quais não se poderá alegar desconhecimento, não cabendo recurso sobre eventuais erros cometidos pelo candidato no ato da inscrição. O candidato deverá certifi…

Melhor árbitro do Brasileiro garante: sua mãe é elogiada e fica orgulhosa

Foto: Reprodução/Sportv
Enquanto as mães dos árbitros sofrem com as reclamações dos torcedores contra seus filhos, o paulista Paulo Cesar de Oliveira garante que sua mãe é elogiada e fica orgulhosa com o trabalho do filho. Eleito o melhor do Brasileiro, Paulo César ainda lembrou que seu irmão, Luiz Flavio de Oliveira, também tem a mesma função e atua na Série A. - É a segunda vez que eu sou premiado, estive em outras votações também, já fui prata e bronze. Graças a Deus, nessa temporada, eu fiquei com o troféu. Minha mãe, dona Teresa, se sente muito orgulhosa de ter dois filhos e uma neta atuando na arbitragem, em alto nível. Então ela é agraciada três vezes e sempre muito elogiada - afirmou o árbitro, no "Bem, Amigos!". Paulo Cesar ainda elogiou o trabalho da Comissão de Arbitragem da CBF e afirmou que hoje existem menos reclamações no Campeonato Brasileiro. - Eu gostaria de compartilhar essa premiação com todos os oficiais de arbitragem que estão envolvidos nessa competição, à…

Prefeitura de Cruzeiro restabelece atendimento nas UBSs, ESFs e Laboratório Municipal

A Prefeitura de Cruzeiro, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), restabeleceu nesta quinta-feira, 9, o atendimento médico em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Equipes de Saúde da Família (ESFs), Laboratório Municipal e outros serviços de atenção básica à saúde. O Governo Municipal decidiu promover contratações para recompor o atendimento nas UBSs e ESFs, das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira. Foram contratados 15 enfermeiros e alguns médicos, além de especialistas em endocrinologia, cardiologia, neurologia, psiquiatria, dermatologia e otorrinolaringologia. As equipes atenderão também a zona rural da cidade.
A Secretária de Saúde, Ana Inês Chaves, disse que a Administração Municipal busca melhorar a assistência médica no município e cumprir todos os programas do Governo Federal, para os quais o município está habilitado. “Foi necessária esta contratação, já que os funcionários efetivos cumprem uma jornada de trabalho de seis horas por dia, não sendo o suficiente para ma…